Abril 13 2008


Quero ser o teu amigo...

Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe, nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder.
Mas amar-te, sem medida,
e ficar na tua vida da maneira mais
discreta que eu souber.
Sem tirar-te a liberdade.
Sem jamais te sufocar.
Sem forçar tua vontade.
Sem falar quando for hora de calar,
e sem calar, quando for hora de falar.
Nem ausente, nem presente por demais,
simplesmente, calmamente, ser-te paz....
É bonito ser amigo.
Mas, confesso,
é tão difícil aprender!
E por isso eu te suplico - paciência.
Vou encher este teu rosto
de lembranças!
Dá-me tempo de acertar nossas distâncias.

(autor desconhecido)
publicado por simplesmentedetalhes às 16:10

mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

14
15
16
18
19

22
23
26

27
28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO