Abril 21 2008
Ver para além do sentir...
Um dia conheci-te.
Entraste na minha vida
Uma revolução instaurou-se
Não acreditava que pudesse ser verdade
Tantos intervenientes...
Mas desejei te
E por desejar entreguei-me
Não sabia que a cada momento
Cada instante pudesse mostrar me
Que amar é fácil, e sem licença
Fomos nos conhecendo...
Namorei-te ...
Ficamos juntos por algum tempo.
Aprendi a descobrir a vida
Imaginei e vivi situações indescritíveis...
Senti-me criança, senti-me menina
Senti-me mulher,
Mulher desejada
Mulher amada
Provei-te.
Saboreei-te... Cada parte de ti
Mas o nosso tempo esvaiu-se
E restou a singela saudade
A saudade e a incapacidade de continuar. ....

publicado por simplesmentedetalhes às 22:03

mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

14
15
16
18
19

22
23
26

27
28
29
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO